Riscos ocupacionais: das metodologias tradicionais à análise das situações de trabalho

Riscos ocupacionais: das metodologias tradicionais à análise das situações de trabalho

Elvia Lane Araújo do NascimentoI; Sarita Brazão VieiraII; Tânia Batista da CunhaIII

Tem-se por objetivo discutir a abordagem dos riscos ocupacionais segundo dois enfoques: o tributário às metodologias tradicionais em segurança do trabalho, cujo enfoque de análise é o das normatizações determinadas por técnicos especializados na área e, outro, que propõe a participação dos trabalhadores. Como abordagem participativa, a referência é a Psicodinâmica do Trabalho e a Ergonomia. A revisão da literatura indica que, embora haja esforço em implantar políticas públicas e de gestão, via participação mais efetiva dos trabalhadores, observa-se, ainda, uma supremacia de metodologias tradicionais na análise dos riscos ocupacionais. Analisam-se suas causas reafirmando a necessidade de novos enquadres teórico-metodológicos.

Revisa el articulo completo en http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-02922010000100009