Tarefas repetitivas sob pressão temporal: os distúrbios musculoesqueléticos e o trabalho industrial

Tarefas repetitivas sob pressão temporal: os distúrbios musculoesqueléticos e o trabalho industrial

Repetitive tasks under time pressure: the musculoskeletal disorders and the industrial work  

Rita de Cássia Pereira Fernande; Ada Ávila Assunção; Fernando Martins Carvalho

RESUMO

Realizou-se estudo ergonômico a fim de caracterizar as tarefas repetitivas e as demandas psicossociais no trabalho industrial em empresa do ramo plástico da Região Metropolitana de Salvador (BA). Realizaram-se observações globais das tarefas nas primeiras visitas à empresa, visando conhecer a organização geral, o funcionamento da produção e os determinantes das tarefas. Observaram-se nesta etapa que as exigências temporais na execução das tarefas implicavam demandas psicossociais e demandas físicas, em especial, os movimentos repetitivos. Na segunda etapa, realizaram-se observações sistemáticas, com entrevistas simultâneas. Mediu-se a duração dos ciclos básicos das tarefas na moldagem/acabamento das embalagens e registrou-se a ocorrência de perturbações que exigiam das trabalhadoras sua regulação. Identificaram-se variabilidades do trabalho, evidenciando como são geradas as demandas extras e como as exigências cognitivas e físicas podem ser exacerbadas pela pressão temporal. A insuficiência dos meios de trabalho, as exigências temporais da gestão da produção e uma organização do trabalho caracterizada pelo baixo controle conformam uma situação em que a continuidade da produção apenas é possível à custa de hipersolicitação do corpo das trabalhadoras.

Revisa el Artículo Completo en http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000300037